Procurar
Close this search box.
ACESSO RÁPIDO

Impacto Social

Transparência, independência, responsabilidade, direito à/dever de informação, prestação de contas, avaliação, abertura, democracia, governação, participação estão profundamente enraizados na cultura organizacional da APAV. Acreditamos que é essencial, para o reconhecimento da importância da missão da Associação e confiança nos serviços de apoio que prestamos há mais 30 anos, avaliar o impacto das nossas intervenções.

A APAV tem assumido a análise do impacto social como uma prioridade estratégica e transversal, quer seja numa lógica de melhoria contínua dos seus serviços e de demonstração das mais-valias que a sua missão produz nas vítimas de crime e de violência e na sociedade portuguesa quer como meio de excelência para atestar a relevância social das suas iniciativas e projetos.

Avaliar o impacto constitui-se como essencial para que consigamos validar e atestar as mudanças e o valor que criamos, quer com uma dada intervenção ou projeto, quer através da nossa missão – o apoio a vítimas de crime, suas famílias e amigos. Mais ainda, medir o impacto revela-se uma ferramenta eficaz no apoio aos processos de gestão interna, de prestação de contas, comunicação e de posicionamento estratégico.

Avaliar impacto(s) revela-se decisório, na medida em que:

  • Uma intervenção ou projeto que já tenha dado provas de que é geradora de mudança/impacto social nos públicos-alvo ou na comunidade em que decorre, terá mais fácil acesso a mecanismos futuros de financiamento;
  • Quando validado o impacto de uma dada intervenção, poderá decidir-se sobre a sua continuação ou alargamento (quer do âmbito, quer, por exemplo, da sua abrangência territorial), o que está relacionado com a decisão sobre a replicação ou extensão de uma experiência-piloto ou ainda com a adaptação de um modelo de intervenção a diferentes contextos;
  • Confere confiança aos/as destinatários/as de uma intervenção ou projeto e às entidades financiadoras de que os recursos materiais, financeiros e humanos estão a ser bem investidos (accountability ou prestação de contas).

É, por isso, prerrogativa, quer a avaliação do impacto dos serviços de proximidade quer a inclusão de indicadores de avaliação de impacto nas candidaturas a projetos co-financiados, pois são também estes que permitem à APAV não só estar na vanguarda em termos de procedimentos e boas práticas, como desenvolver e aprimorar modelos de intervenção e apoio com impacto real nas vítimas de crime, suas famílias, amigos e comunidades.

Skip to content