logo APAV fundolaranja
Procurar
Fechar esta caixa de pesquisa.
2.0.6 mobbing topo

Assédio no Local de Trabalho

O que é? 

Falamos de assédio no local de trabalho quando se pratica qualquer comportamento indesejado (palavra, gesto, atitude) contra uma pessoa, com o objetivo atingir a sua dignidade, afetar a sua integridade física e/ou psicológica ou criar-lhe um ambiente intimidatório, hostil, humilhante e desestabilizador.  

Nem todas as situações de conflito que ocorrem num local de trabalho devem ser consideradas assédio. O que marca a diferença entre o conflito laboral e o assédio é a intencionalidade. Para além disso, o assédio no contexto laboral é um processo e não de um fenómeno/ato isolado (por mais grave que este possa ser), que envolve um conjunto de comportamentos que ocorrem de forma sistemática, repetida e reiterado no tempo. 

O assédio no contexto laboral corresponde a dois tipos diferentes de assédio: 

  • o assédio moral, que corresponde a ataques verbais, ofensivos e humilhantes, bem como a atos mais subtis, podendo abranger a violência física e/ou psicológica, com o objetivo de diminuir a autoestima da vítima e, em última análise a sua desvinculação ao posto de trabalho (ex: o isolamento social, a perseguição profissionai, a intimidação e a humilhação pessoal) 
  • o assédio sexual, que diz respeito à adoção de comportamentos de natureza sexual, físicos e /ou verbais, indesejados pela pessoa alvo (ex: gestos obscenos, envio de mensagens/convites de teor sexual, tentativa de contato físico constrangedor, chantagem para obtenção de emprego ou progressão laboral, em troca de favores sexuais)

Saiba mais sobre o assédio no local de trabalho

Quem é a vítima?

Qualquer pessoa, em qualquer tipo de trabalho/organização, pode vir a ser vítima de assédio (moral e/ou sexual).

Dependendo do lugar da hierarquia que cada interveniente na situação ocupa, estaremos a falar de tipos de assédio, moral e sexual, diferentes. Ou seja, o assédio pode ocorrer entre colegas do mesmo nível hierárquico, mas maioritariamente ocorre por parte de pessoas que ocupam níveis hierárquicos diferentes dentro da organização (ex: por parte do/a superior para com um/a subordinado/a ou do subordinado/a para com o/a superior hierárquico).

2.0.6 assedio local trabalho vitima

Qual o impacto?

O assédio no local de trabalho é uma forma de violência que acarreta custos para todos e cada um de nós.

Mesmo que não assumido ou denunciado, contamina o ambiente de trabalho e pode ter um efeito devastador para as vítimas, mas também para as testemunhas, para a própria entidade empregadora e, num sentido mais lato, para o estado e a sociedade.

Apesar das situações assédio moral e sexual no contexto laboral poder afetar cada vítima de forma diferente, é comum as vítimas apresentarem as seguintes reacções: confusão, choque, pânico geral, impressão de estar a viver um pesadelo, desorientação, sentimento de solidão, apatia, irritabilidade, ansiedade, entre outros. As vítimas poderão ver afetada a saúde, a sua confiança e desempenho profissional, podendo resultar numa diminuição da sua eficácia laboral ou até mesmo o seu afastamento do trabalho, por motivo de doença.

2.0.6 assedio local trabalho impacto

Que apoio está disponível?

Porque as vítimas, na maioria das vezes, se encontram no quadro de uma relação de poder desigual com as pessoas agressoras, é extremamente difícil reagir e denunciar as situações de assédio no local de trabalho.

Frequentemente, a vítima tem receio de sofrer represálias, como a intensificação do comportamento agressivo ou mesmo a perda do emprego.

Porém, qualquer que seja a situação de assédio que ocorra, ela deve ser extinta e a vítima poderá tentar resolver a situação pelos seus próprios meios ou recorrer a uma abordagem mais formal.

Para tal, é importante que a vítima adote as seguintes estratégias:

  • encare a situação de assédio enquanto problema sério, que realmente é, para que seja também para todos os que a rodeiam
  • manifeste claramente ao/à agressor/a o seu desagrado e recusa perante o comportamento
  • partilhe com alguém (familiares, amigos/as da sua confiança) o problema que a afeta
  • apele à solidariedade dos/as colegas de trabalho.
  • mantenha um registo dos incidentes ocorridos (quando e onde ocorreu, o que foi dito/feito, as pessoas envolvidas e eventuais testemunhas, evidências escritas da situação), para que possa ser utilizado para ilustrar um padrão dos acontecimentos, em caso de recursos às vias legais de resolução da situação

As vítimas de assédio no local de trabalham poderão também denunciar a situação e/ou pedir apoio:

  • Hierarquicamente
  • À Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT)
  • • À Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE)
  • Junto dos Sindicatos
  • Às Autoridades (PSP, GNR ou Serviços do Ministério Público)
  • À APAV
2.0.6 assedio local trabalho ajuda
The owner of this website has made a commitment to accessibility and inclusion, please report any problems that you encounter using the contact form on this website. This site uses the WP ADA Compliance Check plugin to enhance accessibility. Saltar para o conteúdo